Estou sentindo dor nos ombros. O que fazer?

Responsável pela segunda causa mais frequente em ortopedia, a dor no ombro atinge jovens, idosos, esportistas e sedentários, ou seja, trata-se de uma patologia muito abrangente. Em geral, as dores podem ser agrupadas em lesões inflamatórias (excesso de uso e/ou movimentos repetitivos), lesões degenerativas (desgaste da cartilagem e/ou artrose) e lesões traumáticas (ruptura de tendão e/ ou fraturas).

Em jovens, as lesões mais comuns são as inflamatórias, relacionadas à atividade esportiva e ao trabalho. Porém, os chamados “atletas de final de semana”, acima dos 50 anos, que jogam tênis ou golfe, podem também apresentar essas lesões. Em idosos e sedentários, as lesões mais comuns são as degenerativas com sintomas, como a dor noturna e a diminuição da força.

Para evitar o surgimento das dores nos ombros, seguem algumas dicas:

  • Em casa, evite tarefas que exija os mesmos movimentos dos realizados no trabalho (exemplo: digitação);
  • Divida os pesos a serem carregados sempre nos dois lados do corpo (exemplo: carregar bolsa);
  • Ao dormir, tente evitar a posição sobre os braços;
  • Dedique um tempo na semana à prática de atividade física supervisionada;
  • Alongamentos sempre antes e após a sua atividade física supervisionada.

Tratamento

Nos últimos anos, o tratamento da dor no ombro tem evoluído rapidamente. Pode-se optar por medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios apenas. Na persistência dos sintomas, várias são as terapias: hidroterapia, RPG, fisioterapia e acupuntura. E nos casos extremos, podese até ter a necessidade de tratamentos cirúrgicos. Com a evolução das técnicas, 85% dos desses casos são realizados por via artroscópica (cirurgias por vídeo com incisões mínimas). Sempre ressaltando que todos esses tratamentos são instituídos pelo seu ortopedista de confiança, após consultas e exames adequados.

RT: Dr. Marco Paulo Otani – CRM: 105.511

Se você possui alguma dor aguda ou crônica e gostaria de tratar seu problema conosco, agende uma consulta no Grupo Zero Dor | Cel/Whatsapp: (11) 96179-1730.

Rolar para cima