Hipnoterapia

A hipnoterapia é muito eficaz em diversos tipos de tratamentos

Em algum momento, você já deve ter ouvido falar em hipnose. Muitas pessoas encaram essa técnica com certo ceticismo. No entanto, não sabem o poder que ela pode ter sobre o corpo humano, sendo utilizada para tratamento de depressão, ansiedade, fobias, transtornos, dores, entre outros.

Sendo assim, esse tratamento, conhecido como Hipnoterapia, é reconhecido pelos Conselhos Federais de Medicina e deve ser aplicada por um profissional especializado num ambiente seguro. Essa é uma técnica muito diferente dos shows de hipnose que aparecem em programas de televisão, consideradas até sensacionalistas, por não proporcionarem efeito terapêutico sobre o corpo.

​ Neste post, vamos explicar explicaremos tudo sobre a hipnoterapia e os reais benefícios que ela traz para o corpo.

O que é hipnoterapia?

A hipnose é uma técnica terapêutica reconhecida pelos Conselhos de Medicina, Psicologia, Fisioterapia, Odontologia e Terapia Ocupacional. Trata-se de um estado mental de concentração e consciência reduzida, o que deixa a pessoa suscetível a sugestões. Então, com o paciente em estado hipnótico, chamado por especialista de indução, acontece uma sequência de instruções e sugestões para alcançar o objetivo.

Essa definição pode deixar as pessoas relutantes sobre ficar em transe. Porém, é muito comum nosso corpo ficar nesse estado e, com certeza, isso já aconteceu com você. Quando estamos muito concentrados em algo que nos distraímos ou naquele momento que estamos quase adormecendo, por exemplo.

O que mais impressiona é que durante a transe, é possível acessar a força interna. Sendo assim, por meio da concentração e relaxamento, a mente fica tão poderosa que é capaz de trazer mudanças significativas e positivas para si.

Como funciona a hipnoterapia?

As sessões de hipnoterapia possivelmente passam por 5 passos. Veja a seguir.

Entrevista

Nessa primeira etapa, o profissional investiga as causas que levaram ao problema a ser tratado. Sendo assim, é feita uma entrevista para recolher as informações necessárias e, dessa forma, encontrar o melhor caminho para o tratamento. Com isso, o profissional elabora a estrutura da sessão de acordo com cada paciente. Depois de esclarecer as dúvidas, criar uma segurança e confiança com o terapeuta, o cliente estará apto a começar a experimentar a hipnose.

Alcançar a transe, nesse caso, pode ser mais fácil para algumas pessoas do que outras. Em todo caso, o profissional fará alguns testes para treinar a mente do paciente para fazer a hipnoterapia.

Relaxamento

Em um ambiente seguro e confortável, o paciente senta ou deita da maneira que preferir, fecha os olhos e o profissional inicia o processo de relaxamento, induzindo a sensação de paz e tranquilidade, até chegar ao chamado sono terapêutico.

A indução ao relaxamento é adaptada para cada pessoa e o seu objetivo. Além de mostrar de forma mais clara de onde surgem os seus problemas, cada sessão prepara o paciente a chegar em um estado mais profundo de transe e, dessa maneira, induzir a uma solução.

Aprofundamento

Conforme o processo de relaxamento seguir, ficará cada vez mais profundo. Dessa forma, ao chegar ao filtro crítico da mente consciente será possível uma comunicação direta, feita pelo terapeuta, com o inconsciente. É nesse momento que o profissional conseguirá alcançar o seu objetivo.

Isso porque a mente fica mais suscetível e tranquila para visualizar as questões com clareza. Além disso, o sono terapêutico proporciona um estado de relaxamento que é o equivalente à 8 horas de sono fisiológico.

Sugestões

Assim que chegar o estado de transe, a hipnoterapia começa. Essa é a hora de colocar em prática a estrutura de sessão criada pelo profissional no primeiro passo. As “sugestões” são direcionadas ao inconsciente para chegar ao objetivo em questão. Durante a sessão, o paciente ouvirá tudo que será dito e as sessões podem ser gravadas para o cliente assistir depois.

Com o passar do tempo, o terapeuta pode ensinar a auto-hipnose para o paciente fazer fora da sessão e manter o procedimento de casa.

Saída do transe

No fim de cada sessão, o terapeuta tira o paciente do estado de transe até voltar ao estado normal. Sendo assim, qualquer sugestão para induzir esse estado hipnótico será retirada. Então, uma conversa final é feita para entender como foi a experiência e o processo.

Quais os benefícios da hipnoterapia?

Era comum na Segunda Guerra Mundial alguns médicos usarem hipnose para bloquear a dor e conseguirem fazer cirurgias e procedimentos. Segundo médicos, o tratamento possibilita acionar as substâncias analgésicas no corpo e permite melhorar a sensação derivada da quimioterapia e ingestão de medicamentos fortes, por exemplo.

São diversos os benefícios possibilitados pela hipnose, de medos até problemas mais complexos, como a depressão. Conheça o que a hipnoterapia pode ajudar:

  • alcoolismo;
  • tabagismo;
  • síndrome do pânico;
  • fobias;
  • estresse;
  • rinite alérgica;
  • obesidade;
  • distúrbios sexuais;
  • distúrbios alimentares;
  • bloqueios na aprendizagem;
  • transtorno obsessivo compulsivo;
  • insônia;
  • baixa autoestima;
  • aumentar a motivação;
  • melhora o foco, entre outros.

Como é a Hipnoterapia no tratamento da dor?

Antes da descoberta do primeiro anestésico da história, no século 19, as pessoas tratavam a dor por meio do álcool, crenças ou drogas. Na mesma época, a hipnose surgiu como uma opção por meio de um médico indiano chamado James Esdaile.

Atualmente, mesmo com o grande avanço dos anestésicos, a hipnoterapia ainda é usada no controle da dor, sendo usada por médicos e dentistas em seus pacientes. Pesquisas recentes indicam que a hipnose promove a produção da serotonina e beta-endorfinas, os quais dão a sensação de bem-estar.

Existem diversas técnicas que ajudam no controle da dor. Uma delas é induzir a imaginação para criar uma imagem da dor e, dessa maneira, criar outra representação que a dor desaparece.

Lembre-se que identificar a causa da dor e tratá-la é mais adequado. Isso porque a hipnoterapia retira apenas o sintoma, nesse caso, a dor. No entanto, não resolve o que causa isso. Consulte o seu médico e converse com o terapeuta para receber o tratamento adequado. 

O propósito do Grupo Zero Dor é transformar o estilo de vida das pessoas por meio do alívio da dor por meio de um tratamento completo em um ambiente humanizado e acolhedor, fazendo você alcançar uma qualidade de vida.

Se a dor vem te perseguindo há algum tempo e causa limitação, não deixe de conhecer a nossa clínica em SP. Acesse o site e saiba mais sobre a gente!

Rolar para cima